quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Vazia! Por quê?



Vazia! Por quê?

Proposição
Quais seriam os motivos que contribuiriam para o esvaziamento das igrejas nos dias atuais?

Introdução
Parece que o problema do esvaziamento que atinge praticamente todas as igrejas, desde as históricas, centenárias ate as pequenas comunidades sejam tradicionais, pentecostais ou não.

Divisões

1. Motivos do esvaziamento Os- 9- 17
A.Por não ouvirem
O fator ponderante aqui e que Deus aponta para o fato de, ( por não ouvir).
E interessante destacar aqui que as pessoas são chamadas a ouvir tudo o que Deus tem lhes ensinado a respeito de fidelidade para com Deus, para com a sua congregação, mas a pressão dos movimentos Neopentecostais, onde já não e tão importante ser fiel a uma congregação, pois a “T V da mídia” faz o papel pastor na sua casa.

2. Motivos do esvaziamento Ag- 1- 9 parte b
A. Porque cada um corre para a sua própria casa.
Já neste caso a palavra de Deus aponta para a correria dos dias atuais, onde todos correm atrás dos seus próprios interesses e se esquecem da casa do Senhor, deixando-a deserta.

Oração transitória
• Não se deve abrir a ferida se não tem o remédio.
Mas felizmente nos temos da parte de Deus o (balsamo) e a sua palavra aponta que única coisa que nos resta e enfrentar o problema, e a solução possível para conter o avanço disto e fortalecer a igreja, tornando ela:
A . Mais calorosa pela comunhão- Atos 2 – 42
A solução que Deus apresenta aqui e que a comunhão fortalece os relacionamentos, e na seqüência dos textos ainda oferece uma forma de crescimento, (Deus acrescenta a cada dia os que devem ser salvos)
B . Mais profunda pelo discipulado -II Tim – 2
A caminhada de Timoteo com Paulo fez com que ele crescesse, este efeito produzido pelo discipulado pode transformar a igreja em muito mais profunda, ou seja, mais alicerçada.
C. Mais forte pela oração - I Tess. 5-17
“Mais oração mais poder”, a Bíblia manda orar sem cessar, porque quanto mais uma igreja ora mais forte se torna para vencer as batalhas espirituais.
D. Mais abrangente pelo ministério - Ef. 4-11
Na medida em que vão se levantando os ministérios a igreja vai se tornando abrangente, dividindo assim responsabilidades, tornando as soluções coletivas.
E . Mais crescente pela evangelização-Mc. 16-15-16
A evangelização e imperativa, quando conseguirmos que a igreja absorva esta idéia o crescimento vai acontecer naturalmente.

Ilustração
Conta-se uma historia que uma igreja estava perdendo muitos de seus membros e os que ficaram passaram a culpar o diabo por tal situação, ate que um dia o pastor ao chegar à igreja encontrou um ser assentado no meio fio do outro lado da rua chorando, e o pastor lhe perguntou por que chorava, ao que lhe respondeu o ser: Este povo desta igreja diz que o povo esta saindo por minha causa e isto não e verdade, eles e que não tem firmeza de propósito e ficam procurando um culpado e quase sempre este sou eu. Mas por outro lado eu até me conformo porque desde a Eva foi assim.

Conclusão
Devo aqui enfatizar para que a platéia (igreja) aceite o desafio de se comprometer em fazer cada um a sua parte no sentido de permanecer (naquilo que foi chamado) e ainda mais, ajudar a fortalecer outros a continuar a jornada exercendo cada um o seu ministério.

Aplicação

Como cada um de nos podemos reagir diante desse chamado?
Esta pergunta deve permanecer viva no nosso coração. (extraido)