quinta-feira, 8 de março de 2012

Entendendo o Avivamento


















Entendendo o Avivamento


O que é avivamento?

O que é avivamento? Você já ouviu essa palavra alguma vez? Se você é cristão e estudou pelo menos uma vez a história da igreja, se deparou com este termo que mexe tanto com o coração daqueles que almejam a glória de Deus. Nos dias atuais, falamos muito de avivamentos e até mesmo confundimos alguns modismos com eles. Mas espero, na graça de nosso Deus, poder transmitir-lhes o verdadeiro sentido deste gracioso mover que Deus deseja realizar em nosso meio.

Avivamento é, em essência, um retorno sincero dos crentes a uma vida de profunda obediência e dependência de Deus. Para a Igreja, precisamos adicionar também um retorno aos princípios que caracterizaram a Igreja dos tempos apostólicos. Todo avivamento verdadeiro deve conduzir os crentes a experimentar uma vida cristã similar aquela registrada em Atos dos apóstolos. Deste modo, avivamento não é barulho, é um retorno aos moldes bíblicos que Deus determinou para a Sua Igreja. Avivamento é uma obra do Espírito em uma comunidade que decide buscá-lo com todo fervor.

O que não pode ser definido como avivamento

Avivamento costuma ser confundido com barulho. Quando mencionamos uma Igreja onde os crentes glorificam a Deus nos cultos, há muito barulho e agitação na liturgia, costumamos dizer: “aquela igreja é avivada”. Para estes, uma comunidade em que a liturgia é mais ordeira e reflexiva não é avivada. Este é um terrível engano que pretendo corrigir.

Avivamento não é barulho, embora possa ocasionar focos de alegria que produzam algum barulho. Avivamento não é produzido com gritos no microfone, e muito menos pelo falar em outras línguas na adoração. Uma comunidade pode ter essa característica e ser considerada carnal aos olhos de Deus. Haja vista nossos irmãos da Igreja de Corinto.

Embora seja pentecostal, não espero um avivamento que produza experiências exteriores mas não mude o coração do povo. Se um suposto avivamento não produz na comunidade os emblemas de Atos dos apóstolos, ele não passa de barulho e modismo.

O que acontece em uma comunidade que experimenta um verdadeiro avivamento

Avivamento é obra de Deus no meio da Igreja. Ele é derramado pelo Espírito em uma comunidade quando esta deseja vivê-lo ardentemente. Quando uma comunidade está experimentando um verdadeiro avivamento, notaremos as seguintes características: (1) o povo se voltará com todas as forças a obediência a Palavra de Deus, e desejará viver o evangelho com intensidade; (2) a oração deixará de ser um item na programação semanal da comunidade para ser uma experiência cotidiana de cada um dos cristãos, que orarão com fervor e alegria; (3) identificaremos experiências genuínas com o Cristo ressuscitado entre os crentes, podendo ocorrer batismos no Espírito Santo, confissão e arrependimento de pecados, sinais e prodígios gloriosos, manifestações de dons espirituais e profundas transformações na vida da comunidade; (4) o amor transbordará no seio da Igreja, produzindo unidade e reforçando a comunidade, havendo reconciliações, liberação de perdão e um desejo profundo de exercer a mordomia cristã e o serviço e (5) o ardor missionário será aceso, com o Espírito Santo comissionando pessoas para a obra e com muitas conversões de pecadores.

Como experimentar um avivamento pessoal

O avivamento na maioria das vezes começa com uma única pessoa, para depois incendiar toda uma comunidade ou nação. Por entender que o avivamento é uma obra de Deus, não acredito que existam fórmulas para alcançá-lo. Entretanto, percebo que todos os avivamentos registrados na Bíblia tiveram uma característica em comum. Eles se iniciaram pela redescoberta da Palavra de Deus e da oração. Se você quiser ser alcançado por um avivamento pessoal, proponha no coração estudar e obedecer a Bíblia Sagrada e ore com fervor para que Deus te use para alcançar os pecadores para Jesus. Mantendo vivas estas disciplinas, seu coração será moldado pelo Senhor para a obra que Ele tem reservado para você! Você perceberá claramente quando a chama do avivamento arder em seu coração, e quando este tempo chegar, glorifique a Deus levando esta paixão pelo Reino dos céus ao maior número de pessoas que você puder alcançar.

Espalhando o avivamento em sua comunidade

Quando uma pessoa experimenta um avivamento pessoal, ela sente um desejo profundo de levar esta paixão para toda sua comunidade. Se você deseja que mais e mais irmãos sejam despertados para cumprir os propósitos de Deus, organize grupos de oração e de estudo bíblico. Pequenos grupos são propícios para a partilha de experiências e para o crescimento espiritual de toda a comunidade. E, acredite, eles também servem para espalhar as chamas do avivamento em toda a Igreja. Onde o avivamento genuíno surge, os irmãos se reúnem espontaneamente para buscarem juntos ao Senhor. Cada casa se torna uma agência de Deus, cada família se torna missionária e cada crente se torna um ministro de Deus, ganhando almas para Cristo Jesus.


Fonte http://papopentecostal.com/