terça-feira, 6 de março de 2012

Quando O Pequeno É Grande.


"Ensina-me a fazer a tua vontade, pois tu és o meu Deus" Salmos 143.10

Um homem sonhou que, ao morrer, foi levado pelos anjos a um belo templo.
Durante muito tempo ele ficou admirando o esplendor daquele local.
Foi então que, de repente, percebeu que faltava uma pedra para completar a construção.
Toda a obra estava concluída com exceção do espaço correspondente a uma pedra.
Dirigindo-se aos anjos, perguntou:
"Por que está faltando uma pedra no templo?".
Um dos anjos respondeu:
"Este é o seu material. Você ficou o tempo todo tentando fazer coisas grandiosas e nunca terminou nenhuma delas, deixando, assim, de enviar a sua parte na construção do templo."
Ele ficou muito surpreso e, naquele instante, acordou.
Resolveu que, daquele dia em diante, seria fiel a Deus nas pequenas coisas. (D. L. Moody)

Como o personagem de nossa ilustração, temos a mania de achar que só as grandes iniciativas e os grandes projetos têm valor diante dos homens.
Queremos ser notados como grandes empreendedores e autores de façanhas que nos proporcionem destaque e notoriedade.

Temos levado esse mesmo pensamento para as nossas igrejas.

Todos nós queremos estar diante dos holofotes.
Não nos contentamos com os cargos menores.
Quando agimos assim, sem humildade e submissão, acabamos recebendo o galardão aqui mesmo na terra e nos tornamos devedores diante do Senhor, fazendo com que as nossas construções nos céus fiquem incompletas.

A maior obra que podemos fazer para Deus é aquela que Ele determinou que fizéssemos, mesmo sendo ela bem pequenina!

Daniel Alfa