sábado, 26 de maio de 2012

O SÁBIO E O PASSARINHO



O SÁBIO E O PASSARINHO

Ao encontrar caido no chão um pequeno e frágil filhote de passarinho, um dos discípulos de um grande sábio concebeu um jeito de, afinal, provar ser mais esperto que seu mestre.

"Vou levar o passarinho até o sábio e lhe perguntar se ele está vivo ou morto, pensou ele consigo mesmo, se ele responder que o passarinho está morto, eu abro as mãos e o deixo se mexer. Se ele responder que está vivo, eu aperto um pouco as mãos e o mato. De um jeito ou de outro, ele não acertará a resposta".

Após ensair mentalmente suas palavras, aproximou-se do mestre e lhe perguntou: Bom mestre, o que tenho em minhas mãos?

O mestre olhou para suas mãos e, vendo algumas penas por entre seus dedos, respondeu-lhe: Um filhote de passarinho.

Muito bem mestre... mas este filhote está vivo ou está morto?

E o mestre, de pronto, lhe respondeu: Isso só depende de você!

Moral: Quantas vezes tentamos achar atalhos ou responsabilizamos os outros pelas nossas vidas? Tudo são escolhas e está em nossas mãos.


Autor desconhecido