quarta-feira, 26 de setembro de 2012

COMO COMBATER A ANSIEDADE


A Ansiedade é uma desobediência ao Mandamento de Deus, nada resolve, e ainda, faz adoecer afetando desfavoravelmente o coração, as glândulas, e o sistema circulatório e nervoso. Por essas e outras razoes, Deus ordena “não andeis ansiosos...” (Filipenses 4:6-9). Diante desta realidade presente
na raça humana, a pergunta é: Como Combater a Ansiedade?. Vejamos: Com Orações de Petição e Gratidão – “Não andeis ansiosos de coisa alguma; em tudo, porém, sejam conhecidas, diante de Deus, as vossas petições, pela oração e pela súplica, com ações de graças”
(V.6). O caminho da solução de qualquer situação adversa que gera ansiedade, preocupação, angustia, é a oração. Ana, diante de sua esterilidade derramou a sua alma perante o Senhor e teve a sua oração atendida. Jó, diante das perdas orou ao Senhor e teve em dobro tudo que perdera. Está ansioso? Ore, peça a Deus.
Com Pensamentos Positivos – “Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento” (V.8). A ansiedade afeta profundamente os nossos pensamentos. A inclinação natural é enchermos os pensamentos com coisas negativas. “Não vai dar certo; estou perdido; ninguém se importa; quero sumir; quero a morte; etc.”. Diante das lutas devemos dominar os nossos pensamentos. Devemos pensar no que é verdadeiro, respeitável, justo, puro, amável e de boa fama. Em todo tempo devemos encher o nosso coração com a Palavra de Deus, pois Ela é perfeita e restaura a alma; é fiel e dá sabedoria aos símplices; é reta e alegra o coração; e, é pura e ilumina os olhos (Sl. 19:7-8).
Com Atitudes Corretas – “O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso praticai; e o Deus da paz será convosco” (v.9). Paulo sempre enfrentou duras adversidades. Ele enfrentava sem murmurar ou contender (Fp. 2:14). Enfrentava vivendo contente em qualquer situação (Fp. 4:11). Por isso motivou os Filipenses dizendo: Vocês aprenderam, receberam, ouviram e viram, agora pratiquem. No final do verso 9, Paulo afirma que o Deus da paz será convosco. Amados, Deus tem recursos infinitos e poderosos para nos ajudar. Entregue o teu caminho ao Senhor, confie no Senhor, descanse e espere em Deus. Amém.



Fonte: Quarta IPB Garanhuns