quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Pastor Youcef Nadarkhani está livre, mas seu advogado ainda sofre ameaças de prisão -Confira

Devemos continuar orando por nossos irmãos que estão sendo perseguidos por causa do evangelho, ore sem cessar.
 

O mundo cristãos evangélico ficou muito feliz com a libertação da prisão do pastor Youcef Nadarkhani, mas precisamos continuar a interceder pelo advogado Mohammad Ali Dadkhah(foto) que defendeu o pastor e sofre ameaça de ser preso a qualquer momento.- Confira e comente…
 
Enquanto o pastor iraniano Youcef Nadarkhani é recentemente libertado após três anos de prisão, seu advogado, Mohammad Ali Dadkhah, continua a enfrentar a ameaça de uma pena de prisão de nove anos por seu envolvimento no passado em casos de direitos humanos.

O American Center for Law and Justice(Centro Americano de Lei e Justiça -ACLJ), que tem acompanhado de perto os casos de Nadarkhani e Dadkhah, diz que agora é o momento da comunidade internacional virar o seu foco para Dadkhah, como ele é um dos muitos advogados de direitos humanos que estão presos no Irã.

“É importante lembrar que depois que a imprensa volta o foco para a história do Pastor Youcef, seu advogado, um servo dedicado, permanece sob esta ameaça. Vários advogados de direitos humanos no Irã estão presos. Vamos continuar a falar sobre os inúmeros abusos dos direitos humanos no Irã, incluindo aqueles que os advogados sofrem ao defender prisioneiros, principalmente cristãos “, disse o ACLJ de Dadkhah, que legalmente representou Nadarkhani e advogou em sua defesa desde 08 de setembro.

Dadkhah é co-fundado do Centro de Defesa dos Direitos Humanos, movimento agora proibido no Irã , que foi fundado juntamente com Prêmio Nobel da Paz Shirin Ebadi, Abdolfattah Soltani, Seifzadeh Mohammad, e Sharif Mohammad. Ele é um dos poucos advogados de direitos humanos no Irã que sofre ameaça de ser preso pelo governo iraniano a qualquer momento.
Anteriormente , o advogado defendeu 11 cristãos em Bandar Anzaly e oito cristãos em Shiraz que foram presos por suas atividades religiosas.

Como o ACLJ anteriormente disse ao C P de Dadkhah: “Ele não tem nenhuma razão pessoal, que não seja a de acredita nos direitos humanos, para representar esses grupos minoritários, quer se trate de minorias políticas oposição ou religiosos, e ele se dispõe a sua maneira para defender estes direitos de qualquer pessoa que necessite. Ele realmente acredita que todos tem direito aos direitos humanos.
Dadkhah foi informado no mês passado que ele estaria recebendo uma pena de prisão de nove anos por “agir contra a segurança nacional, difundir propaganda contra o regime e manter livros proibidos em casa.”
Embora o advogado ainda enfrenta perigo, os frutos de seu trabalho pode ser visto através do recente libertação do cristão evangélico Youcef Nadarkhani, que tinha sido preso desde outubro de 2009, por apostasia.


NOTA: Além dos advogados tem o caso do Pastor Behnam Irani(f0to) que a exemplo do Pastor Youcef também esta preso no Irã com um agravante, o seu estado de saúde que não é muito bom. E também os quase 160 mil cristãos perseguidos pelo mundo que sofrem por não negarem a sua fé em Cristo Jesus. Procuremos ajudar mais efetivamente, como por exemplo descobrindo o e-mail das embaixadas dos países onde tem prisioneiros cristãos e escrever pedindo a libertação deles, etc…Se não conseguir desta maneira em podendo e descobrindo como mande e-mail aos ministérios que acompanham o caso de presos para ser entregue e assim confortar um pouco aos que sofrem nas prisões. Enfim procuremos ajudar, se não for possível interceda ao Senhor nosso Deus através do Seu Filho e Amado Jesus por estas vida, que cremos que para o homem algumas situações parecem impossíveis, mas para Deus nada é impossível diante da vontade soberana Dele. Amém…
post inforgospel.com.br -com informação Christianpost - por: Katherine Weber/CP-Internacional