quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Aliança Evangélica pede que o ‘voto de cajado’ seja denunciado, ‘púlpito não é plataforma de candidato’

A se todas as igrejas adota cem este método, como seria bem melhores nossos cultos.


(Foto: www.fale.org.br)
Projeto contra o voto de cajado.


A Aliança Cristã Evangélica Brasileira (ACEB) se pronunciou neste domingo contra o púlpito se tornar plataforma política em meio à corrida eleitoral.

A crítica é contra os candidatos que têm se aproximado das igrejas evangélicas do país em busca do voto evangélico, causando polêmica. “O voto é exercício de cidadania.

É secreto e tem de ser responsável. Não está à venda e não pode ser produto de negociações manipuladoras. ‘Voto de cajado’ é voto aviltado e precisa ser denunciado”, diz a Aliança em sua carta pastoral.

Segundo a Aliança, a Igreja “é de Jesus Cristo” e não pode ser identificada com nenhum partido político. “O púlpito é sagrado e não pode ser usado como plataforma de candidato algum”, completou.

A ACEB explica que votar solidifica a democracia e admite que nos últimos anos o Brasil tem mudado para melhor. “Votar é uma forma de contribuirmos, como brasileiros e brasileiras, para a construção da nossa nação.”

Entretanto, a ACEB aponta que o sistema político partidário brasileiro é arcaico e viciado, não responde às demandas atuais, ignora as possibilidades gerenciais e tecnológicas disponíveis e carece de profundas mudnças sistemáticas e éticas.

A organização, que representa milhões de evangélicos no Brasil, urge os cristãos que votem no que consideram melhor para a cidade, mas não buque de favores pessoais ou de grupos.

“Votemos em candidatos que afirmem e tenham histórias de vida que reflitam os valores do Reino de Deus, entre os quais justiça, liberdade e verdade.

Ele recorda os cristãos da advertência do profeta Jeremias ao povo de Deus, “Procurai a paz da cidade e orai por ela ao Senhor, porque na sua paz vós tereis paz.”

E urge que, “Como cristãos evangélicos, comprometidos com os destinos do país, vamos votar nesta consciência e convidar todos ao nosso redor a fazerem o mesmo.”


http://portugues.christianpost.com/news/alianca-evangelica-quer-que-o-voto-de-cajado-seja-denunciado-pulpito-nao-e-plataforma-de-candidato-12886/