terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Aproveite este natal

Aproveite este natal para reunir a família e os amigos, afinal, as PESSOAS SÃO MAIS IMPORTANTES que as coisas. Distribua abraços como presentes e todos ficarão felizes. Ame e aproveite a sua família!!! CURTA:https://www.facebook.com/bibliafacil.nt

EXTRAÍDO BÍBLIA FACIL

O VERDADEIRO NATAL.

domingo, 22 de dezembro de 2013

GÁLATAS 5.16-25



GÁLATAS 5.16-25


Mas o fruto do Espírito é... domínio próprio. Contra estas coisas não há lei. (Gl 5.22,23.)

A cidade de Esparta, na Grécia antiga, era conhecida por sua disciplina e pela bravura dos seus soldados. Conta-se que certo monarca, ao visitar a cidade, quis saber de seu rei qual era o segredo da resistência de seu exército.

Foi-lhe dito que o segredo estava em uma sopa preta que os soldados tomavam todos os dias nos quartéis. O rei visitante logo quis provar a famosa sopa. Era intragável. Ele não conseguiu disfarçar uma careta, logo na primeira colherada.

Então o rei de Esparta lhe disse: “Essa sopa traz para os nossos soldados o domínio próprio e a disciplina tão necessários para vencer qualquer inimigo.”
O visitante estava acostumado apenas com as finas iguarias, de agradável sabor, e nem sempre tão nutritivas. Mas, na guerra, a coisa era bem diferente. Não havia lugar para conforto ou luxo. A questão era a pátria e dar a vida por ela. Isso requeria o domínio próprio e a disciplina.

É o Espírito Santo que nos capacita a dominar nossa carne, os impulsos do pecado, a língua, a mente, etc. O domínio próprio é fruto de sua presença em nossa vida. Através do louvor, da adoração e da comunhão com Deus, vamos sendo cheios do Espírito e podemos ter domínio próprio. Domínio próprio é coragem, coragem para lutar. Para a vitória obter, é preciso dominar o inimigo interior, o “eu” que só quer reinar.

Pai, dá-me mais e mais de ti: da tua santidade, do teu amor, da tua bondade, da tua alegria, do domínio próprio. De tudo isso, enche o meu ser. Amém.


Fonte: http://www.lagoinha.com/portal/engine.php?pag=catlista_dtdecr09&cat=37&sec=7

Por que Jesus realizou milagres

Milagreiros antigos criavam a ilusão de milagres para atrair seguidores abastados. Imitavam o sobrenatural para que, na mente das pessoas, figurassem como aqueles que possuem acesso especial a um reino que exercia domínio sobre o mundo e determinava o destino daqueles que esperavam passar dessa para uma melhor. Eles capitavam em cima do medo do desconhecido.
Jesus realizou sinais miraculosos por um propósito muito diferente. Seus milagres forneceram alívio para a dor e o medo, além de ensinar sobre um Deus que se importa profundamente com o sofrimento das pessoas e que cura sem nada cobrar. Jesus realizou muitos outros milagres que estão descritos nos evangelhos (João 20.30) e sua motivação para realizá-los não foi outra senão compaixão.
Analisando seus milagres como um todo, o surpreendente poder de Jesus deveria ser uma fonte de conforto. Ele se importa com os assuntos que o mundo considera triviais e deseja resolvê-los. Ele deseja aliviar nossas preocupações e prometeu suprir nossas necessidades mais fundamentais. Ele assumiu controle sobre a doença, a tragédia, o caos e a morte. Seu poder não é limitado por fatores como tempo, distância, superstição ou preconceito, nem mesmo pelas forças do mal.
Ele ensinou por meio dos milagres da ressurreição que o mal pode vencer algumas escaramuças na terra, mas somente Jesus possui poder eternal. O período passageiro de setenta ou oitenta anos que passamos em nosso corpo doente e mortal nada mais é do que um piscar de olhos quando comparado aos prazeres magníficos e infindáveis que ele prometeu àqueles que creem.
O amigo mais próximo de Jesus na terra, o discípulo João, escreveu o seguinte:“Jesus realizou na presença dos seus discípulos muitos outros sinais miraculosos, que não estão registrados neste livro. Mas estes foram escritos para que vocês creiam que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus e, crendo, tenham vida em seu nome” (João 20:30-31).
Seus milagres foram registrados ‘para que vocês creiam’ que ele é, de fato, o Filho de Deus.
Você creu? Vai crer?
Jesus, o maior de todos – Charles Swindoll

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

A Desintegração da Família

A Desintegração da Família  |  Pr. Olavo Feijó

Miquéias 7:6 - Porque o filho despreza ao pai, a filha se levanta contra sua mãe, a nora contra sua sogra, os inimigos do homem são os da sua própria casa. 

A profecia de Miquéias soa como a manchete de um jornal da semana passada, ao comentar a desintegração crescente da família: “Pois o filho despreza o pai; a filha se rebela contra a mãe; a nora, contra a sogra. Os inimigos do homem são os seus próprios familiares” (Miquéias 7:6).

A decadência de um povo é sempre precedida da destruição de suas famílias. Este fenômeno é uma constante, na história da queda de todos os impérios e civilizações. A família de nossos dias, inclusive dentro de nossas igrejas, está repetindo o quadro desolador da antiga profecia de Miquéias, contra Israel.

O nível espiritual de uma família nunca é superior ao nível religioso do Seu pai e de sua mãe. E, para que o nível espiritual dos pais e das mães consiga um estágio saudável é necessário que o cabeça da família passe a ser a pessoa de Cristo. Os problemas familiares chegaram a um ponto que, a não ser que haja a atitude corajosa de submissão a Cristo, “os inimigos do homem serão os seus próprios familiares”. Já se tentou de tudo. E tudo só causou maior desintegração. Apelar para Cristo é o desafio. Entregar a Cristo é o caminho. Vivenciar Cristo é a saída. Saída que, na realidade, é a entrada. A entrada da saúde, da esperança, da dignidade, da harmonia, do amor. Do amor de Cristo, que derrota a desintegração produzida pelo mundo. 


Fonte Amor em Cristo

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Tiago 4:7

Sujeitai-vos, portanto, a Deus; mas resisti ao diabo, e ele fugirá de vós." Tiago 4:7

Quando nos sujeitamos a Deus somos revestidos de poder, unção e autoridade, e então resistimos ao diabo, ladrão, pai da mentira, acusador e príncipe das trevas, e ele sem ter como nos vencer é obrigado a fugir. Aleluia.

Tenham todos um dia de paz na presença do Senhor.


Ivanilde lacerda

Fé, Um Pequeno Filme Legendado em Português




quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Você me Seguiria?



Salmos 18:6

Ivanilde LacerdaNa minha angústia invoquei o Senhor, sim, clamei ao meu Deus; do seu templo ouviu ele a minha voz; o clamor que eu lhe fiz chegou aos seus ouvidos. Salmos 18:6


Muitas vezes nos sentimos angustiados e sozinhos, achando que o Senhor 


está em silêncio conosco. Mas Ele nunca nos abandona, Ele sempre tem o 

controle de tudo e permite que alguma coisa nos aconteça para nos ensinar 

algo. Quando você invoca ao Senhor e confia, Ele te ouve. O seu clamor 

sempre chega aos ouvidos Dele. Portanto, confie no Senhor e descanse.

Ivanilde Lacerda

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Se o púlpito falasse...

 





Se o púlpito falasse ele diria mais ou menos assim: Oh! Como os homens me amam! Como eles desejam estar sobre mim! E como eles buscam sempre estar no lugar de minha habitação! O prazer e a alegria que eles não encontram no lar eles procuram encontrar em mim, e como eles temem serem privados de minha presença!

Há! Se eles ao menos não fizerem apenas uma prece sobre mim, como voltam tristes e aborrecidos para suas casas. Mas quando eles alcançam êxito em cima de mim, voltam rejubilando para seus lares. Só em mim eles encontram o ápice do prazer, quando no decorrer dos seus discursos o povo se emociona e dá brados de alegria.

Por isso eles tanto me desejam e por isso eles tanto me buscam, porque eu lhes ofereço a satisfação máxima dadas suas necessidades básicas de aceitação social e aprovação divina. Felizes são aqueles que sempre têm acesso a mim, e por minha causa são capazes de fazer muitas coisas.

Aqueles que não aprenderam o segredo de viver uma religiosidade alegre e simples me buscam fielmente, por que acreditam que eu posso lhes dar a alegria que eles não têm no anonimato da vida cotidiana. Oh!

Como eu sou feliz por ser assim tão desejado; eles por minha causa brigam murmuram e reclamam se alguém tenta privá-los de minha presença; mas em mim sobre mim e atrás de mim, existe lugar para todos, mas eu tenho os meus preferidos.

Aqueles que se vestem com roupas dignas e apropriadas de se estar atrás de mim e que são eloqüentes persuasivos e que possuem uma voz vibrante e pronuncia elegante, estão sempre sobre mim, porque estes são os que mais me agradam.

Atrás de mim os homens encontram abrigo, e em mim as mesmas palavras que se falam nas casas com os amigos, se tornam infalíveis oráculos divinos. Mas para estar sobre mim também tem o seu preço, que é o preço da pressão psicológica, de ter que agradar e fazer as pessoas sentirem alguma coisa.



"A arte dos sofistas na pregação pentecostal"

Editora: Jeová Nissi, Rio de Janeiro, 2008

Autor: Esdras Gregório

Paginas: 150

Sobre o Autor: Esdras Gregório é autodidata, membro da Assembléia de

Deus em Campinas - SP



http://www.ciadabiblia.com.br/index.php?route=product/product&product_id=3555

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

A esperança que se adia faz adoecer o coração, mas o desejo cumprido é árvore de vida. Pv 13.12

Ivanilde Lacerda
A esperança que se adia faz adoecer o coração, mas o desejo cumprido é árvore de vida. Pv 13.12

Ele realmente busca e anseia por uma oportunidade para mostrar sua bondade. Ele é um de Deus justiça e deseja transformar cada coisa errada em algo certo. Mas Deus somente pode ser bom para aqueles que esperam Nele, aqueles que crêem em suas promessas. Você está disposto? Não caia na armadilha de tornar-se cético e pessimista. Escolha crer em Deus e esteja pronto para receber os maravilhosos presentes que Ele espera lhe dar.

Tenham todos um ótimo dia e uma semana repleta de bênçãos celestiais!

sábado, 23 de novembro de 2013

A diferença da cabeça da mulher e do homem, veja o vídeo


No vídeo a seguir você vai aprender a diferença da cabeça da mulher para a cabeça do homem e vai saber como existem diferenças.

Aprenda de forma descontraída:

Extraido http://www.exercitouniversal.com.br

Família Dividida, Família Destruída

  


Lucas 11:17 - Mas, conhecendo ele os seus pensamentos, disse-lhes: Todo o reino, dividido contra si mesmo, será assolado; e a casa, dividida contra si mesma, cairá. 

Quando questionaram Jesus sobre Sua autoridade para expulsar demônios, o Mestre declarou que a explicação estava na união entre Ele e o Pai. Para ilustrar, diz o texto: “Mas Jesus, conhecendo os pensamentos dele, disse – o país que se divide em grupos que lutam entre si certamente será destruído. A família que se divide em grupos que lutam entre si também será destruída.” (Lucas 11:17).

Na dinâmica do Reino de Deus, os demônios são as entidades do mal, inimigas do Criador. Uma das técnicas usadas por eles é a de causar divisão e discórdia entre os filhos de Deus. É incalculável o número de seres humanos que aceitaram o ateísmo, diante do mau testemunho dos “religiosos”. Neste contexto, Jesus, ensina que os demônios usam a mesma tática, para destruir as famílias: gerando “grupos que lutam entre si”.

Qual é a reação de uma esposa, quando ela sente que seu marido a ama, “como Cristo amou Sua igreja, dando Sua vida por ela”? certamente, não será a de amá-lo, do mesmo jeito? Família dividida é família destruída. Quando os membros da família escolhem viver o amor de Cristo, este amor constrói a unidade espiritual e emocional da família. Família construída em Cristo é sempre família unida.


Extraido Devocional Amor em Cristo |  Pr. Olavo Feijó

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Deus é Fiel.

Missões - Dubladora da princesa Fiona usa a profissão para evangelizar

Em entrevista ao site Lagoinha.com, Fernanda Crispim, que dubla a Princesa Fiona na versão brasileira de Shrek, contou que aproveita a profissão para falar de Jesus.

Fernanda esteve visitando o departamento de Comunicação da Igreja Batista da Lagoinha no dia 13 de novembro e participou de um programa da Rádio Super FM para falar sobre trabalho e fé.

Foi então que a jovem explicou que quando surge a oportunidade de se aproximar do público ela também fala sobre seu testemunho de vida. “O fato de trabalhar com dublagem desperta certa curiosidade e elas sempre vem falar comigo. Neste momento, aproveito a oportunidade não só para falar do meu trabalho, mas dou o meu testemunho e compartilho algumas experiências da minha caminhada com o Senhor”.

A carreira de dubladora começou muito cedo. Quando Fernanda tinha nove anos, além da Princesa Fiona ela também deu voz à Ching personagem do desenho Pucca e à Princesa Selênia do filme “Arthur e os Minimoys”.

Fernanda disse nessa entrevista que avalia os trabalhos que quer atuar e não aceita os que vão contra a sua fé. “Quando se trata de um personagem que me confronta; que bate de frente com a fé que eu professo, e que não me permite fazer adaptações, então, definitivamente, abro mão do trabalho”, disse.

A dubladora também é atriz e usa seu talento na igreja sendo diretora artística do teatro da denominação que ela frequenta. Para o final de ano ela está preparando um musical no Barra Music que deve atrair mais de 11 mil pessoas.

Fonte www.gospeljovens.com.br

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Falcão melhor jogador de futsal do mundo se rende a Jesus

Siga este exemplo você também, entrega seu caminho confia em Deus e tudo ele fará 
Salmos 37


A Perseverança deve ter ação completa

Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. E , a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma.Tiago 1.2-4


As tribulações produzem perseverança, isto é, nos fortalecem para enfrentar a vida. O ditado popular diz que “Deus dá o frio conforme o cobertor”. Acredito nisso. Acredito que o exercício de viver nos coloca diante de desafios proporcionais à maturidade.


Ivanilde Lacerda

terça-feira, 12 de novembro de 2013

Digo isto, não por causa da pobreza, porque aprendi a viver contente em toda e qualquer situação. Filipenses 4:11



Paulo é categórico: "APRENDI" a viver contente, não que ele gostasse das tribulações que enfrentava, mas ele entendia o curso deste mundo que caminha em sentido contrário a Jesus, e mesmo assim prosseguia na sua caminhada sem murmurar, dedicando sua vida totalmente para o Senhor. Se você está passando por um momento difícil não se desespere, o melhor que você tem a fazer é esperar em Deus !!! Porque é em meio a essas tribulações que Deus trata conosco, e é assim que aprendemos a viver contente em qualquer circunstância.

Tenham todos uma semana tranquila e de muita paz!



Ivanilde Lacerda

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Comissão de Feliciano aprova projeto que permite igreja vetar gays

Comissão de Feliciano aprova projeto que permite igreja vetar gays
Caso seja aprovada pelo Congresso, protegerá padres e pastores de problemas com a justiça
A Comissão de Direitos Humanos da Câmara aprovou hoje (16) o projeto de lei que pode livrar igrejas, padres, bispos e pastores de problemas com a justiça. Eles não podem ser enquadrados na “lei de discriminação” se decidirem vetar a presença e participação de pessoas que estejam “em desacordo com suas crenças”.
A proposta foi comandada pelo deputado Marco Feliciano (PSC-SP), que recentemente precisou intervir e dar voz de prisão a ativistas homossexuais que perturbaram cultos onde ele estava pregando.
De maneira prática, os líderes religiosos não serão criminalizados se recusarem realizar casamentos homossexuais, batizados ou outras cerimônias de filhos de casais gays. Vale até mesmo caso eles não queiram aceitar a presença dessas pessoas nos templos.
O projeto de lei foi encaminhado pelo deputado Washington Reis (PMDB-RJ). Ele altera a chamada “lei de discriminação”, assinada em 1989 que prevê prisão de um a três anos. As pessoas responderiam pelo crime de “praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”.
Segundo os parlamentares, a lei está sendo usadas por homossexuais que alegam discriminação.
“Deve-se a devida atenção ao fato da prática homossexual ser descrita em muitas doutrinas religiosas como uma conduta em desacordo com suas crenças. Em razão disso, deve-se assistir a tais organizações religiosas o direito de liberdade de manifestação”, justifica Reis.
O deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) deu seu parecer: “O alcance da lei, antes voltado mais à questão racial, tem sido ampliado, tendendo a estender proteção também à prática homossexual. Assim, [a proposta] esclarece melhor o alcance da referida norma ao diferenciar discriminação de liberdade de crença”. Para ele, “As organizações religiosas têm reconhecido direito de definir regras próprias de funcionamento e inclusive elencar condutas morais e sociais que devem ser seguidas por seus membros”.
No primeiro momento o texto foi aprovado pela comissão hoje formada em sua maioria por membros da chamada “bancada evangélica”.  Agora, segue para votação na Comissão de Constituição e Justiça. Se passar, segue para a plenária. É sabido que o PT e os partidos da base do governo são contrário à criação de uma lei específica relacionada à discriminação de gays.

Fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/cdhm-projeto-igreja-vetar-gays/

terça-feira, 15 de outubro de 2013

FAZENDO DA INTERNET UM MEIO DE ABENÇOAR VIDAS.


REFLEXÃO: Nº 35

Olá amigos! Tudo bem convosco? Creio que sim, pois os tenho sempre em minhas orações.
Quero compartilhar convosco de forma abençoadora, o salmo 68: 18-20 comparado aos Efésios 4: 8, e 11. Textos de minha ministração ontem ao encerar da nossa poderosa campanha intitulada “Virando o cativeiro” (Jó 42: 10).
O assunto referido no Salmo 68: 19-20 e em Efésios 4: 8, e 11, é o mesmo; porem quero que observem uma diferente citação: “Tu subiste ao alto, levaste cativo o cativeiro, recebeste dons para os homens” (Salmo 68: 18).
“Por isso diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, e deu dons aos homens” (Efésios 4:8).
O salmo esta se referindo a condição do messias antes de sua vinda a este mundo tornando-se Vitorioso em todas as batalhas travadas. Como diz o salmo 24: 8 Quem é o Rei da Glória? O SENHOR, forte e poderoso, o SENHOR, poderoso nas batalhas. Ele trava Batalha com:
A. A Natureza humana
B. O Sistema Religioso
C. A tentação humana por parte de satanás
D. A Morte
E. Por Fim com Satanás tomando a Chave do Inferno e da Morte. 
Vamos então entender o verso 18 do salmo 68, quando ele diz: Tu subiste ao alto, levaste cativo o cativeiro, recebeste dons para os homens após sua ressurreição Ele encontra-se com Maria e Recomenda-lhe: “Não me detenhas; porque ainda não subi para meu Pai, mas vai ter com os meus irmãos e dize-lhes: Subo para meu Pai e vosso Pai, para meu Deus e vosso Deus” (João 20: 17). Como vencedor, Ele recebe todo Poder Nos céus e na Terra (Mateus 28: 18).
Ao escrever sua epístola aos Efésios, o Apostolo Paulo refere-se ao Cristo Ressurreto, que subindo aos Céus Vitorioso e poderoso nas batalhas; Ele concede Dons aos homens. (Efésios 4: 8 e 11).

Como já observado, a primeira benção contida no (salmo 68: 18) é espiritual; mas a segunda grande Benção é material. (Salmo 68: 19). Quando nos diz: Bendito seja o Senhor, que de dia em dia nos cumula de benefícios; o Deus que é a nossa Salvação.
É esse acumulo de benefícios que me faz entender o Salmista quando apelando pra sua Alma ele suplicava: “Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e tudo que há em mim bendiga o seu Santo Nome. 
Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum de seus benefícios”. Quais são esses Benefícios?

A) Perdão dos Pecados 
Cura de todas as enfermidades
C) Redenção (Redime a alma)
D) Enche a boca de bens 
E) Renovação
F) Libertação (Salmos 103: 1-6.

Conclusão 

Ao concluir, Gostaria que observassem o Salmo 116: 12 que Diz: Que darei eu ao Senhor por todos os Benefícios que me tem feito?
Que sejamos preocupados a ponto de nos interessarmos em darmos alguma coisa ao Senhor pelos seus Benefícios feitos a nós. 

Um Forte abraço a todos e tenham um ótimo e abençoado fim de Semana.

Cosmo Campos

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

“Mas havia oração…” At 12:5

As nossas orações são as oportunidades de Deus. 

Você está em tristeza? 

A oração pode tornar suave a sua aflição e fazer dela um meio de fortalecimento de sua vida. 

Você está alegre? 

A oração pode acrescentar à sua alegria alguma coisa do céu.

 Está em extremo perigo ante inimigos externos ou internos?

 A oração pode trazer à sua mão direita um anjo, cujo toque 
reduziria a pó o exército que te aflige.

Tenham todos um dia de bênçãos e vitórias!


Att Ivanilde Lacerda

O arrebatamento; um vídeo impressionante


UNICEF pede ajuda a líderes religiosos para barrar casamentos infantis

UNICEF pede ajuda a líderes religiosos para barrar casamentos infantisUNICEF pede ajuda a líderes religiosos para barrar casamentos infantis
Líderes de diversas religiões no Nepal foram procurados por ativistas defensores dos direitos de crianças que querem impedir os casamentos infantis que estão se alastrando pelo país.
Estudos do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) indicam que no Nepal 11% da população menor de 14 anos já está casada e 29% das meninas entre 15 e 19 anos têm marido. Os dados são preocupantes para esses ativistas que estão em alerta para a quantidade de casamentos infantis que estão acontecendo no Sul do país.
A agência EFE conseguiu entrevistar uma jovem de 16 anos que está casada, a união aconteceu para livrar a mãe viúva dos problemas financeiros. Babita Paswan mora no distrito de Rautahat e não pode escolher se queria ou não se casar.
Ao falar sobre a importância do posicionamento dos religiosos sobre o tema Hanaa Singer, representante do UNICEF no Nepal, explica que esses líderes “são as pessoas mais poderosas em nível de comunidade” e que eles conhecem “a linguagem do coração”.
Entre os líderes procurados houve troca de acusações, Ram Chandra Bhandari, um guru do hinduísmo, acusa os muçulmanos de terem levado a prática do casamento infantil para o Nepal nos séculos XII e XIII.
“Os Vedas (escrituras milenárias hindus) guardam silêncio sobre os casamentos infantis mas dizem que as pessoas deveriam se casar após estarem capacitadas”, disse ele. O guru que representa a religião predominante do Nepal diz que o conselho é se casar depois dos 24 ou 25 anos.
Mas o imã Nazrul Hussain, representante do islamismo, diz que a prática não é apoiada por sua religião. “Segundo o islã os objetivos do casamento só podem ser conseguidos como adultos.”
A ativista da UNICEF acredita que independente dos culpados é preciso impedir que a prática seja disseminada, principalmente diante dos riscos de gravidez em adolescentes com menos de 15 anos. Singer alerta que nesse grupo as chances de morte durante o parto é 15 vezes maior.
Hanna tem em mãos um estudo do Centro Internacional de Pesquisa de Mulheres que alerta sobre o crescente número de casamentos infantis, se continuar seguindo este ritmo em uma década 100 milhões de pessoas estarão casadas antes dos 18 anos. Com informações Terra.

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Posso votar no PT? (uma questão moral)



O autor do vídeo elucida a questão sob a perspectiva da Igreja Católica. Mas o princípio da moralidade se aplica a todos, incluindo os evangélicos. Portanto pense bem antes de votar em um partido com políticas contra Deus como as do PT...

terça-feira, 1 de outubro de 2013

O PERFIL DE UM FALSO IRMÃO



O PERFIL DE UM FALSO IRMÃO ...em perigos entre falsos irmãos. - 2 Co 11:26 A senda do apóstolo. 


 A senda do apóstolo Paulo, foi de aflições e perigos. Neste texto, ele mostra uma lista de perigos que vivenciara:
 
* Em perigos de rios
* Em perigos de salteadores
* Em perigos dos da minha nação
* Em perigos dos gentios
* Em perigos na cidade
* Em perigos no deserto
* Em perigos no mar
* Em perigos entre os falsos irmãos



 Paulo fala de oito tipos de perigos que provara por amor a Cristo - Penso como sofreu em perigos dos judeus e gentios, perseguido, apedrejado, preso muitas vezes...Como sofreu na voragem do mar, como naufrago em meio aos perigos de um mar bravio...
 

Mas, nenhum perigo lhe fez chorar mais e se afligir mais do que o último que menciona:
...em perigos entre os falsos irmãos. Observemos o perfil do falso irmão:



 1. O falso irmão é um hipócrita - Nos abraça e diz que nos ama, mas nos difama as escondidas.

2. O falso irmão é um homicida - E, veja porque é - 1 Jo 3:15, Ap 22:15

3. O falso irmão é cheio de inveja - É como Caim - Gn 4


 4. O falso irmão tem o coração cheio de ódio - como os irmãos de José
Veja tres coisas que o falso irmão faz:
 

a) Primeira ação - Vamos matar o nosso irmão José
b) Segunda ação - Joguemos José numa cova
c) Terceira ação - Vendamos nosso irmão José


 Quem já não foi vitima de um falso irmão. Eu, mesmo trago em meu coração, açoites, apunhaladas de falsos irmãos que muito me fizeram chorar - E suas ações são semelhantes a dos irmãos de José:
 

Primeiro - Tentam nos matar

 Segundo - Articulam sufocar-nos a todo custo  (E a fala maligna do falso irmão é seguinte: Joga ele numa cova - que a gente sepulta o ministério dele...)


 Terceiro - Fazem tudo para nos vender - Vendem o irmão, o colega de ministério nas rodinhas de difamação e calúnias. Vendem, mercadejam sem direito o nome daquele que querem matar. 

Mas o verdadeiro irmão não faz assim, pelo contrário, nos ama, se solidariza conosco, chora e se alegra conosco, nos estende a mão, disponibiliza sempre seu ombro amigo e sempre está orando por nós.
Pr. Marcos Antonio

Artista plástico pintando Jesus, EMOCIONANTE!


sábado, 21 de setembro de 2013

O pastor alemão e o coelho


Eram dois vizinhos.
Um deles comprou um coelho para os filhos. Os filhos do outro vizinho também quiseram um animal de estimação. O homem comprou um filhote de pastor alemão.
Conversa entre os dois vizinhos:
– Ele vai comer o meu coelho!
– De jeito nenhum. O meu pastor é filhote. Vão crescer juntos, “pegar” amizade…
E, parece que o dono do cão tinha razão. Juntos cresceram e se tornaram amigos. Era normal ver o coelho no quintal do cachorro e vice-versa. As crianças felizes com os dois animais.
Eis que o dono do coelho foi viajar com a família e o coelho ficou sozinho.
No domingo à tarde, o dono do cachorro e a família tomavam um lanche quando, de repente, entra o pastor alemão com o coelho entre os dentes, imundo, sujo de terra, morto.
Quase mataram o cachorro de tanto agredi-lo!
Dizia o homem:
– O vizinho estava certo. E agora? Só podia dar nisso!
Mais algumas horas e os vizinhos iam chegar. O que fazer?!
Todos se olhavam. O cachorro, coitado, chorando lá fora, lambendo os seus ferimentos.
– Já pensaram como vão ficar as crianças?
Não se sabe exatamente quem teve a ideia, mas parecia infalível:
– Vamos lavar o coelho, deixá-lo limpinho, depois a gente seca com o secador e o colocamos na sua casinha.
E assim fizeram. Até perfume colocaram no animalzinho.
Ficou lindo, parecia vivo, diziam as crianças.
Logo depois ouvem os vizinhos chegarem. Notam os gritos das crianças.
– Descobriram!
Não passaram cinco minutos e o dono do coelho veio bater à porta, assustado. Parecia que tinha visto um fantasma.
– O que foi? Que cara é essa?
– O coelho, o coelho…
– O que tem o coelho?
– Morreu!
– Morreu? Ainda hoje à tarde parecia tão bem.
– Morreu na sexta-feira!
– Na sexta?
– Foi. Antes de viajarmos as crianças o enterraram no fundo do quintal e agora reapareceu!
<<<<<<<>>>>>>>
A história termina aqui.
O que aconteceu depois não importa. Mas o grande personagem desta história é o cachorro. Imagine o coitado, desde sexta-feira procurando em vão pelo seu amigo de infância. Depois de muito farejar, descobre o corpo morto e enterrado. O que faz ele? Provavelmente com o coração partido, desenterra o amigo e vai mostrar para seus donos, imaginando fazer ressuscitá-lo.
E o ser humano continua julgando os outros…

Outra lição que podemos tirar desta história é que o homem tem a tendência de julgar os fatos sem antes verificar o que realmente aconteceu. Quantas vezes tiramos conclusões erradas das situações e nos achamos donos da verdade?