terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Um pastor morre e outro fica ferido no Quênia

Um pastor morre e outro fica ferido no Quênia
No Quênia existe uma grande perseguição em cima do povo evangélico, oque provocou um homicídio nesta quinta-feira passada (7), cristões do Quênia foram surpreendidos com a notícias que pistoleiros atacaram os pastores da Igreja Pentecostal da África, em Garissa.
Os pastores Ibrahim Makunyi e Abdi Welli, foram atacados quando saiam de um banco, por volta das dez horas da amanhã no dia 7 de fevereiro. Ambos foram levados ao hospital, mas Abdi Welli já foi declarado morto ao chegar. Ibrahim Makunyi esta internado desde o dia do crime e seu estado até o momento é estável.
Abdi Welli que já foi mulçumano antes de se converter no evangelho, sofria recentemente ameaças de morte, oque demonstra que o atentado não foi um ataque aleatório, e sim uma execução planejada.
O pastor deixou sua esposa Hellen e três filhos jovens. Com isso foi deixado um pedido de oração:
“Ore pela família de Abdi Welli. Sua viúva Hellen e os três filhos têm chorado a perda de seu marido e pai.
Interceda para que a recuperação do pastor Makunyi seja rápida e seu coração possa ser consolado da morte do amigo e companheiro de ministério.
Peça ao Senhor que console e guarde o pastor Makunyi e sua família, já que eles continuam vivendo e trabalhando em Garissa e estão sujeitos a novos ataques.
A comunidade cristã de Garissa tem enfrentado muita dificuldade por conta de sua fé em Jesus. Ore para que eles sejam fortalecidos em meio à perseguição.
Lembre-se pedir a Deus pelo perdão àqueles que atacaram os pastores; interceda pela sua salvação.”
FONTE http://www.overbo.com.br/