sexta-feira, 8 de março de 2013

Padres estão temendo a sanção da Lei Seca


Padres estão temendo a sanção da Lei SecaCom a nova Lei Seca, a fiscalização do álcool ficou muito mais rigorosa, agora qualquer traço de álcool já é o suficiente para o motorista tomar uma multa. Isto esta preocupando padres em Londrina, no norte do Pará, porque conforme a igreja católica os padres tem que tomar um gole de vinho que representa o Sangue de Cristo, durante a celebração das missas.
Mesmo que seja uma quantidade pequena de vinho já é o suficiente para o padre ser multado ou até preso, considerando que eles podem participar de várias missas durante um domingo.
O Padre Romão Martins diz que não vai deixar de manter a tradição. O padre acredita que os policiais terão um bom senso na hora de aplicar a multa, caso ele seja pego. Ele usou as seguintes palavras: “Eu posso ser pego, mas eu penso que o policial terá o bom senso na aplicação da lei”.
O padre Claudinei da Silva afirma que isso não é um problema grave, porque o vinho pode ser substituído por suco de uva ou vinho sem álcool. O padre disse o seguinte: “Sempre com o auxílio e com a orientação do bispo. Aí, nós podemos fazer”.
Uma empresa fabricante de vinho sem álcool, que também é de Londrina, acredita que pode lucrar com essa situação da Lei Seca. Eles acreditam que a demanda de vinho pode duplicar nos próximos meses. A empresa conta que o vinho é feito de forma semelhante ao vinho comum, só que eles retiram o álcool na hora da fermentação. Um dos donos da empresa faz essa afirmação para os religiosos: “Pode tomar tranquilamente e rezar a missa, que não vai ter problema nenhum. Pode soprar o bafômetro tranquilamente”.

FONTE:http://www.overbo.com.br/padres-estao-temendo-a-sancao-da-lei-seca/
o verbo