sexta-feira, 17 de maio de 2013

Respeitar Pai e Mãe.

  


Na sua Carta aos Efésios, Paulo deixa bem claras as responsabilidades de todos os membros da família. Quanto aos filhos, ele escreve: “Filhos, o dever cristão de vocês é obedecer ao seu pai e à sua mãe, pois isso é certo.” (Efésios 6:1).

O apóstolo achou relevante lembrar que “honrar pai e mãe” é o “primeiro mandamento que tem uma promessa”. Por que uma promessa especial, para os que cumprem este mandamento? Provavelmente, porque existem pais que se relacionam com seus filhos de um modo que provoca irritação. Os primeiros a ser abençoados, quando existe respeito a pai e mãe, são os próprios filhos. A disciplina de obedecer a quem de direito nos prepara para viver em sociedade, com harmonia. Respeitar e obedecer exige aprendizagem. E a melhor aprendizagem é aquela que começa cedo, na vida familiar.

Obedecer e respeitar é um mandamento. A atitude de amar é mais que isso: é uma decisão. É uma postura espiritual, que tem seu alicerce no amor de Cristo por nós. Nós não merecemos, mas Ele decidiu nos amar. Muitas vezes nós não gostamos do modo como ele nos disciplina. Mesmo assim, Seu amor por nós permanece. O segredo está no amor. Respeitar pai e mãe é muito mais fácil quando nós decidimos amá-los.


Extraído: Devocional Gotas Biblicas Pr. Olavo Feijó