sexta-feira, 14 de março de 2014

IDOLATRIA GOSPEL!


As pessoas dizem que os católicos são idólatras, mas, o que tem de pessoas que se dizem ser "cristão" e estão no mesmo erro, idolatrando seus líderes religiosos e pior ainda, acusando o seu próximo é algo fora do sério.
Estão dando honras e glórias a homens falhos e pecadores ao invés de honrar a Deus, o nosso Senhor, os mesmos são os que escondem suas fraquezas por traz da bíblia, muitos deles são aproveitadores da fé.
Querem apenas a gordura e a lã das ovelhas, quando você encontrar uma pessoa que idolatra muito seu "líder religioso" lembre-se, que o ÚNICO que é digno e merecedor de toda Honra e Glória é o SENHOR JESUS CRISTO, Isaías 43:11.
Hipócrita, tire primeiro a viga do seu olho, e então você verá claramente para tirar o cisco do olho do seu irmão.
Fica a dica pra você, antes de pensar em falar do seu próximo, observe se você também não é um idólatra gospel, e veja se você é exemplo, se não for exemplo comece a ler a Bíblia Sagrada ela vai te ensinar muita coisa boa, reflita neste texto!

2 Crônicas 7

Se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar e orar, buscar a minha face e se afastar dos seus maus caminhos, dos céus o ouvirei, perdoarei o seu pecado e curarei a sua terra.
Antes de apontar o dedo para alguém, sendo que você não é exemplo pra para outras pessoas, pense primeiro se o que você vai dizer está de acordo com sua vida, porque o nosso testemunho vale mais que milhões de palavras e para sua meditação aqui esta um texto BÍBLICO:

Mateus 7

1 "Não julguem, para que vocês não sejam julgados.
2 Pois da mesma forma que julgarem, vocês serão julgados; e a medida que usarem, também será usada para medir vocês.
3 Por que você repara no cisco que está no olho do seu irmão, e não se dá conta da viga que está em seu próprio olho?
4 Como você pode dizer ao seu irmão: ‘Deixe-me tirar o cisco do seu olho’, quando há uma viga no seu?

5 Hipócrita, tire primeiro a viga do seu olho, e então você verá claramente para tirar o cisco do olho do seu irmão.”

Fonte:Márcio Rodrigues