quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Se puxarmos conversa, Deus responde | Pr. Olavo Feijó

Pr. Olavo Feij&#-15437;
Pr. Olavo Feijó
Jeremias 33:3 - Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes. 

Jeremias, obediente à vocação divina, pregou mensagens que irritaram o rei Zedequias, os sacerdotes e o povo em geral. Uma das consequências da sua teimosa obediência foi o ter sido preso e maltratado. E foi ali, na humilhante prisão real, que o Senhor premiou o profeta, ao dizer: “Jeremias, se você me chamar, Eu responderei e lhe contarei coisas misteriosas e maravilhosas que você não conhece” (Jeremias 33:3).

Uma das coisas “misteriosas” e “maravilhosas” reveladas por Deus a Jeremias foi, primeiro, a destruição de Jerusalém e Judá. Em segundo lugar, foi a confirmação da Sua eterna fidelidade e compaixão, no processo de curar e restaurar Seus escolhidos.

A postura coerente do nosso Senhor nunca se desviou da sua declaração paterna: “Eu corrijo e castigo todos os que Eu amo. Portanto, levem as coisas a sério e se arrependam” (Apocalipse 3:19). Vale a pena, então, puxar conversa com Deus e pedir que Ele nos explique as coisas que estão acontecendo conosco. Vale a pena perguntar a razão das nossas vitórias e de nossa prosperidade: é porque merecemos ou porque Ele nos quer como bons administradores dos Seus bens? Vale a pena perguntar o motivo das mágoas que o Senhor permite em nossa existência - é porque Ele apenas quer nos punir ou porque Ele nos quer como exemplos da Sua maneira de fortalecer nossa musculatura espiritual? A experiência de todos os cristãos que perguntam é sempre a mesma: o Senhor responde e, de uma forma ou de outra, chega a hora quando as “coisas misteriosas e maravilhosas” se tornam jubilosamente claras, reais e abençoadoras!


Fonte:http://devocionais.amoremcristo.com/