quinta-feira, 27 de junho de 2013

Kaká diminui a relação com a Igreja para se dedicar mais ao futebol e sair da reserva – Confira

O evangélico Kaká está numa difícil fase, onde está amargando o banco de reserva do Real Madrid. E segundo informação de periódico espanhol o atleta tomou a decisão de diminuir a sua relação com a religião para se dedicar mais ao futebol e voltar a jogar. - Confira e comente…

Kaká quer fazer uma reformulação em sua vida, declarou algumas semanas atrás, a decisão do atleta é de diminuir a relação que tem com a igreja evangélica onde congrega. A decisão do brasileiro de reorientar sua vida religiosa se deve a vontade de deixar o banco de reservas e voltar a ser titular do Real Madrid time que atualmente defende, por esse motivo decidiu diminuir um pouco as suas obrigações religiosas.
A história se repete pela o terceira temporada consecutiva.  O jogador Kaká, não tem tem lugar no time do Real Madrid, situação que tem sido demonstrado nas últimas duas temporadas. A saída do atleta novamente do clube, não parece uma decisão muito longe de acontecer, infelizmente para os dirigentes do clube.
Kaká durante anos se tornou um dos jogadores mais dedicados profissionalmente do mundo. O gols marcados sempre dedicados aJesus, faz doações de milionárias a entidades para ajudar pessoas e continua fazendo, uma disciplina invejável, sempre longe das tentações que a fama na carreira de futebolista oferece e sempre dedicado a família . A decisão do Kaká de deixar os compromissos com igreja, será segundo o atleta para se dedicar mais ao futebol e assim garantir que ele não continuem a esquentar o banco de reservas e ficar mordendo as unhas assistindo os jogos: crendo que com esta decisão e a equipe confiante no seu talento sairá de vez desta situação o qual nenhum jogador gosta de estar.
Diferente das temporadas anteriores, o brasileiro parece mais disposto a ouvir propostas. Um dos últimos clubes interessados no passe do atleta, como publicado pelo diário foi o Corinthians. Mas a equipe de São Paulo não fez a melhor oferta dentre outras, para levar o atleta. O Arsenal de Wenger é o time que mais tem interesse, podendo levar o brasileiro, mas o problema é o mesmo dos últimos anos, que é a falta de vontade do jogador na negociação de abrir mão da taxa de negociação de € 10.000.000, por esse motivo ainda vai permanecer duas temporadas com o Real Madrid.
Fonte:inforgospel.com.br – com informação El Confidencial – via AcontecerCristiano