sábado, 16 de março de 2013

Sem Jesus somos uma ONG piedosa, diz papa

COMPARTILHE NOSSAS MENSAGENS!


Vaticano espera que novo Papa pare o avanço evangélico

Segundo uma reportagem do jornal O Estado de São Paulo, o cardeal indiano, George Alencherry, afirmou que a escolha do Papa Francisco aconteceu para evitar que a Igreja Católica continuasse perdendo fiéis para as igrejas evangélicas.
Alencherry disse que o Vaticano espera uma “renovação e uma força para reviver a Igreja na América Latina”, se referindo a escolha do argentino Jorge Mario Bergoglio como líder da Igreja Católica. O cardeal chileno Javier Errázuriz Ossa também é citado na matéria, mas ele não quis comentar a indicação. Já o cardeal espanhol Carlos Amigo Vallejo diz que o novo papa vai atrair a todos.
O vaticanista Thomas Reese comentou a escolha do conclave dizendo que “Francisco terá muito trabalho nos países latino-americanos”, mas afirmou também que a escolha de um papa não europeu mostra que a Igreja tem grandes desafios a enfrentar no continente Americano, especialmente nos países latinos.
O novo papa também terá que reforçar a influência da Igreja Católica nas políticas de países como Venezuela, Haiti, Honduras, Cuba e Brasil que estão adotando ideologias contrárias aos princípios da Santa Sé.