domingo, 12 de maio de 2013

MÃE O MAIS SAGRADO SER QUE DEUS CRIOU!



FAZENDO DA INTERNET UM MEIO DE ABENÇOAR VIDAS!!!


TEXTO: Salmos 113: 9 Deus faz com que a mulher estéril habite em família, e seja “alegre mãe de filhos”. 

A todas as “ MAMÃES” meus Parabéns pelo vosso Dia!!! Deus as abençoe grandemente!!!
A fim de mostrar o incalculável Valor que tem as mães, Estou fazendo uma reflexão Bíblica sobre a Importância da “ FAMÍLIA”. No entanto, deixo bem claro que não é minha intenção entrar em questões Homossexualismo ou homofobia. Porem se isso ocorrer, Prevaleça o que a Bíblia diz.

A consideração que a sociedade atual em sua Grande maioria tem da família, é completamente oposta aos ensinamentos bíblicos. De acordo com a Bíblia, a família é formada de pai, mãe e filhos. A família foi instituída por Deus. Em Gênesis 1: 27-28 está escrito: “Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus os criou; “homem e mulher” os criou. E Deus os abençoou e lhes disse: Sede fecundos, multiplicai-vos e povoai a terra”.

Para a sociedade Moderna, o valor da família é meramente cultural, e é, portanto mudável com a “evolução” do ser humano a medida em que o tempo passar. 
Na conceituação modernista permissiva, pode se considerar família pela existência convivencional de: Uma Criança na convivência Marital entre pessoas do mesmo Sexo. De acordo com as Escrituras sagradas, duas pessoas do mesmo sexo não formam um casal; ou seja, não compõem uma família de verdade. 
De acordo com a Escritura Sagrada, não existe casamento entre duas pessoas do mesmo sexo “Lv 18: 22”.
O casamento é entre um homem e uma mulher. 
Um dos propósitos do casamento é a procriação da raça humana; o que é impossível ocorrer independentemente da participação entre o macho e a fêmea.
O matrimônio por ser instituição Divina, torna-se definitivamente inalterável, assim sendo, nada poderá exterminá-lo. 
Vamos observarmos algumas passagens bíblicas para bíblia lizarmos esta verdade. “Disse mais o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só: far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea ou Correspondente” (Gn 2:18). “Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne”.
Estamos vivendo em época de depravação: ética e moral; o que faz por parte de algumas pessoas, a banalização do matrimônio. 
A prova dessa banalização está na rapidez com que Legalmente e por quaisquer que sejam os motivos as pessoas se separam. 
Observem o que diz a Bíblia (Ml 2: 14 – 16). Três principais ensinos tiraremos desse texto 
1º Deus é testemunha Ocular desta União (14).
2º Deus abomina, ou aborrece o Divorcio (V 16). 
3º com a finalidade de que seja preservada a Semente dos Piedosos (Semente santa, ou moral V 15). 

(Gn 2: 24). “Portanto”, disse Jesus, “o que Deus ajuntou não o separe o homem” (Mc 10.9). 

Um casamento destruído, não é nunca foi e nunca será Plano de Deus.
Estou fazendo esta analogia Bíblica, tão somente pra dizer que ser MÃE  é um dos mais perfeitos dons de Deus. O homem pode conviver maritalmente com outro home, a mulher da mesma forma; mas jamais terrão esta honra, a honra de ser: “ MÃE”!
Deus abençoe todas as mamães do nosso Brasil e de todo o Universo.



Compartilhe este link http://aliemcristo.blogspot.com.br/2013/05/mae-o-mais-sagrado-ser-que-deus-criou.html